BLOG

DO JUSTINOFILHO

Imperatriz na Política, esporte e comunidade
.......

Isso foi posto no blog do senhor Ed Wilson, asssunto tratando da nossa cidade. Abaixo, alguns contrapontos ao que ele escreve. Vejamos então:

"JACKSON LAGO É A CABEÇA POLÍTICA DE IMPERATRIZ"
O título da postagem anterior deste blog – “Multidão aclama Jackson em Imperatriz...” – tem fundamento.
JUSTINOFILHO diz:
Que multidão aclamou o governador? E porque aclamariam? Que motivos tem imperatriz e regiao para tal gesto? Aqui eu já coloquei várias vezes que, estamos a dois anos e três meses sem que o senhor Governador corte uma fita se quer; Somente três obras, é importante ressaltar a bem os detalhes dessas obras, uma rodoviária que ele só tirou entulho, uma ponte que já tava meio caminho andado e um estádio de futebol que anda a passos de tartarugas. O atual Governador nos oferece tão pouco, que a nossa gente que nada ganhou nos governos dos sarney e aliados que, o pouco que está oferecendo se torna coisa grande.
Havia pelo menos duas mil pessoas na rua durante a manifestação de sexta-feira 12, contra a cassação do mandato do governador JacksonLago (PDT). O jornal “O Progresso” contou 5 mil e a Assessoria do Governo calculou 15 mil.
O blog tentou várias vezes obter o número oficial da Polícia Militar, mais foi em vão. No dia seguinte 13, ao encontrar um soldado nas mediações do campus da UFMA, questionei novamente sobre a quantidade de pessoas na passeata. o PM respondeu o seguinte:
"Nem fizemos questão de conferir. A corporação está insatisfeita com o governador".
JUSTINOFILHO diz:
É como digo, Imperatriz desde a revoluçao de janeiro que, aparecem uns "espertalhões". Na época se apreveitaram de massa de mão de obra para colocar nossa gente na rua, e depois deu a maior briga, porque os cabeças do movimento queriam todos ser interventores ou "uma boquinha na viúva". Então me digam, porque o imperatrizense teria que está na chuva ou no sol, se esse governo ofereceu tão pouco a sua gente? É claro que quem marcou presença tinha os seus interreses, enquanto outros e alguns foram enpurrados para o evento como "vaca de presépio".
Números à parte, o fato é que a avenida Dorgival Pinheiro de Sousa estava "apinhada" de gente e o ato público final lotou a praça de Fátima.
JUSTINOFILHO diz:
O senhor Ed Wilsom por não ser de Imperatriz, talvez não saiba que no final da tarde, milhares de trabalhadores que amam e vivem nesta cidade, passam pela Praça de Fátima, dai explica-se o fato de muitos deles verem muitos "caciques" discursando e mentindo para Imperatriz, uma vez que param e ficam olhando e capturando umas mensagens, para lá na frente dizerem o que ouviram, e aumentar um pouco as histórias. Essa é a chamada "Rádio Peão".
Grande parte do público foi arregimentada pelos prefeitos,vice-prefeitos, vereadores, MST e líderes comunitários da região.
JUSTINOFILHO diz:
Verdade. Mais esse grupo ai, não tem essa bola toda não. Muitos desses prefeitos estão é com a "bola mucha" mesmo, uns com o mandato caçado, outros com problemas com a policia federal e outros com medo de ser investigados. Vice prefeito, só tinha um: Gean Carlos. Vice de madeira, o máximo que reune é ... só para o Weverton Rocha. E só mst aqui nunca fez grandes movimentos!líderes comunitários...onde, aqui não tem isso. Tem cruzeta que se diz presidente de Associação de bairro, que quer mesmo é pegar dinheiro com políticos, e nunca entrega a mercadoria.
O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), caiu em campo para prestigiar o governador. Foi à rua chamar o povo, e liberou os funcionários e as escolas. Caravanas de 13 cidades, citadas nopalanque, engrossaram a soma.
JUSTINOFILHO diz:
Quem mesmo?? Sebastião Madeira? Esse só foi por ser aliado do Governador! Seria até covardia dele não ir. Mais não liberou nada, ele sabe que as coisas não estão nada boas para ele nesse início de governo. Foi chamar que povo? Já disse, o imperatrizense não sai ás ruas se não for por um motivo muito sério. O povo aqui não e mais besta. Funcionários... como funcionários??? Só se for os nomeados dele, escolas... ele não tem tanta coragem para fazer isso. Nós estamos vivos ainda ,se manda liberar escola municipal... ai o bicho pega! Ele foi um dos que mais condenou o que o ex prefeito Ildon mala fez na eleição passada. OUTRA HISTÓRIA....Existem, porém, outras motivações no episódio.
Em Imperatriz , caminham de mãos dadas dois sentimentos: o separatismo e o anti-sarneísmo.Gari, pistoleiro, garimpeiro, fazendeiro, paneleira, motoboy, taxista,cobrador, estudante, advogado, comerciante, empreiteiro etc, todo imperatrizense nativo ou forasteiro adotado tem a mesma tese: “A família Sarney abandonou Imperatriz”. A região tocantina era interpretada como um faroeste maranhense. Uma terra sem lei, em estágio pré-político, arbitrada pela força do crime organizado sob o comando do ex-deputado federal Davi Alves Silva.
JUSTINOFILHOdiz:
É claro que temos um sentimento separatista. Queremos nos separar de quem não gosta de nós, e ao mesmo tempo só quer a riqueza do sul do nosso estado. Mais veja na mão de quem ficou a responsabilidade de nos dar um novo estado hoje! O comitê pró Sul do Maranhao está na mão do esperto Fernado Antunes, que é nada mais nada menos que, o Secretário do governo para a região Tocatina. Esse mesmo governador que ai está em campanha disse e colocou o nossso futuro estado do Sul do Maranhão com uma bandeira dele. Esse mala esqueceu isso também. Então existe um sentimento de separaçao, mais existe uma corja de patifes que só prometem "como sem falta para faltar como sem duvida".
Nesse ambiente, as instruções normativas do Estado não cabiam. Até que veio a “Operação Tigre”, sob o comando do sarneísta João Alberto, dizimando uma parte do crime organizado e até o desorganizado.
JUSTINOFILHO diz:
Esse João Alberto fez isso! Matou até inocente na dúvida. Aqui foi morto gente de bem, e por isso ele desmerece o nosso respeito. É um patife, que com o poder, acha que pode passar por cima de todo mundo. É um homem de coragem com a força da polícia, mais é froucho no homem a homem. Com o poder qualquer um pode massacrar, esfolar, mandar matar. Ele não gosta de respeitar a nosa gente da região tocantina, e pior, dizem que ele está voltando!!! Então aqui nós vivemos assim... se correr o bicho pega e se ficar o bicho come!
Mas o sentimento de “abandono” ficou latente. Só foi moderado nas duas gestões de Roseana Sarney (1994 a 2002), no governo itinerante, ainda assim timidamente.
JUSTINOFILHO diz:
Roseana foi governadora, e se for de novo e tiver chance, buscará intervenção em imperatriz! O que se espera dela é trabalho, muito trabalho. Já que nada fez por nossa cidade e região, e se não ficar esperta, leva taca mais do que da última vez. Porém, se souber cuidar da nossa gente... reverte o quadro, mais antevejo uma taca das grandes.
Então, aos poucos, a oposição foi construindo dois discursos bem elaborados: era preciso separar a região tocantina e divorciar-se de Sarney – o pai que abandonou o filho distante.
JUSTINOFILHO diz:,
Grande descoberta essa ai!!! Nós estamos abandonados há muitos anos! Basta ver que não tem um governador desse ai que, desse um só incentivo fiscal para Imperatriz. Aqui não vem uma indústria... em São luiz, se o cara pedir incentivos fiscal até para uma fábrica de rapadura eles dão. E assim Imperatriz vai indo sobrevivendo graças a sua gente guerrreira.
A tese do Maranhão do Sul foi rapidamente incorporada pelo ainda deputado Sebastião Madeira (PSDB). A proposta eleitoreira foi aos poucos sendo incorporada à cultura dos sulistas maranhenses. E hoje é quase um messianismo.
JUSTINOFILHO diz:
Isso de Sebastião Madeira com o Maranhão do Sul foi uma bandeira de liso, dele Madeira, quando saiu de uma eleição para prefeito na qual perdeu para finado Ildon mala. Dai o mala do Lula Almeida falou para ele pegar a bandeira do Maranhao do sul ja que ele tinha era dividas de campanha e tava liso. Era uma eleiçao difícil a do Madeira, e ficou foi fácil com a tal bandeira... que mais tarde seria esquecida pelo Madeira. Mais se Serra ganhar para presidente, nós com a vontade do Sebastiao Madeira vamos conseguir nossa independência desses ratos de praia lá de São Luiz.
LASTRO DE JACKSON: Jackson Lago soube aproveitar as circunstâncias específicas da geopolítica do Maranhão. Em 2006 escolheu um candidato a vice de Imperatriz, o pastor Luis Carlos Porto (PPS).
JUSTINOFILHO diz:
Nada de o atual governador escolher nada!! Foi uma campanha levantada pelo presidente da associação comercial de Imperatriz, por esse motivo que o vice tinha que ser de imperatriz. Ai esse mala.. que é outro mala esse pastor Porto "arrumou" a boroca e foi atrás da vaga e se apresentou, e como eles estavam sabendo da campanha, colocaram esse cruzeta, e pior, ele tava liso, com aluguel atrasado. Ei parece que vai voltar a vida de liso e sem seguranças do lado. E vai ter de JustinoFilho ajuda, pagando as talhadas de cuzcuz para ele, e claro ...vou exigir humildade dele, tanto que torci pela aposentadoria de governador para o pastor Porto! "Saravá meu rei", e boa volta feliz, o quadro do filho que volta a conviver com a pobreza.
Nas disputas anteriores ao Governo do Estado, Lago também emplacou vices do sul: Jomar Fernandes e Deoclides Macedo. E mais: depois de eleito, desembarca pelo menos duas vezes por mês na região tocantina. O governador é quase um filho adotivo de Imperatriz,de onde já recebeu o título de cidadão.
JUSTINOFILHO diz:
Aqui título de cidadão se dá até para cachorro! Moço isso ai nao é nada não. É filho adotivo daqui nao porque seria o que ele fez aqui, e sim o que ele podia ter feito muito mais nao fez.
A escolha do vice Luis Porto, além do critério geográfico, atentou ao cenário da religiosidade local. Porto é pastor. E Imperatriz é cheia de contrastes. A violência continua, diante de uma avassaladora expansão do movimento evangélico na cidade.
JUSTINOFILHO diz:
Porto vice governador... esse já disse não é nada não. Não Representa nada, fez nada pela região, é fraco e vai voltar para vida dele de manso de sempre, é muito cheio de onda... nao tem uma gota se quer de humildade... nos humilhou quando encheu os carro de seguranças, enquanto o cidadão de Imperatriz era escoltado pelos bandidos e assaltantes.
Na outra coligação, liderada por Roseana Sarney, a escolha do vice João Alberto (PMDB) não atendia mais às necessidades de contenção da violência nos moldes da “Operação Tigre.” Em Imperatriz ainda se vive de bala, mas muito mais de bíblia.
JUSTINOFILHO diz:
Ele mandou matar inocentes também, que fique bem claro!E dizem que ele vai assumir o Estado, porque a governadora vai ser operada, ai é que mora o perigo, entregar poder para um bandido pior que os que anda nas ruas de imperatriz!!
Ao messianismo separatista junta-se um forte clamor por Deus. As próprias tragédias comuns na cidade (assassinatos de prefeito, padre,empresários, crimes passionais etc), quando exacerbadas, motivam manifestações de cunho religioso.
PACOTE COMPLETO: Mas, além do vice com essas características, faltava a Jackson Lago cumprir uma outra tarefa: demonstrar entusiasmo pelo Maranhão do Sul.E assim foi feito, na esteira da bandeira eleitoreira de Madeira e detantos outros. Pode considerar-se um amaldiçoado o cidadão que se posicionar contrário ao Maranhão do Sul ou questionar por razões técnicas acriação de uma nova unidade federativa. Foi esse caldo cultural, somado aos “incentivos financeiros” do ex-governador José Reinaldo (PSB), que impulsionou a vitória de Jackson Lago em Imperatriz, chegando a quase 80% dos votos no segundo turno.
JUSTINOFILHO diz:
Nada aqui nós queríamos a mudança! Só que nos enganamos novamente. Eu fui candidato a deputado federal na coligaçao da Roseana, mais não somei votos para ela, votei neste governador ai nas duas vezes, me ganharam com as novas mudanças que viriam logo adiante, e até hoje nada.
Jackson Lago foi mais habilidoso na estratégia. Até em eleição de sindicato criou-se a cultura de um vice do sul do Maranhão. A religiosidade e o separatismo ficam como sugestão para os estudos de antropólogos, sociólogos e teólogos.
JUSTINOFILHO diz:
Tudo mentira! Tudo enganação. O pouco que nos deram não foi ainda concluído, ou seja nao entregaram, estamos f...****
Fato concreto é que o governador foi bem recebido em Imperatriz. Não por 5 ou 15 mil pessoas, mas por pelo menos 2 mil. É muito,considerando-se a indiferença da população de São Luís à sua cassação.
JUSTINOFILHO diz:
Aqui mesmo nos enganando! Somos uma cidade do bem. Aqui tem só um pouco de gente ruim ou seja, do lado do mal, aqui somos acolhedores, acreditamos até em quem nos engana mais de uma vez, de tanto nos prometer nós sempre continuamos acreditando. Mais tá chegando o fim da paciência da nosa gente, que ver só... deixa chegar a eleiçao do ano que vem... pense numa gente que sabe votar.
A manifestação poderia ter sido perfeita, não fosse o deslize do último orador. Já era noite na praça de Fátima, o tempo estava abafado, quando Jackson Lago concluía seu tão esperado discurso.
JUSTINOFILHO diz:
Discursos??? Estamos cheio de gente mentirosa,enganadores, vagabundos, pilantras que pensam que aqui só tem otários...não somos e vamos mostrar que não somos.
Num governo engendrado e consorciado ainda na gestão de José Reinaldo,marcado por obras inacabadas e outras inexistentes, desvio de recursos(Ópera-Prima), novos milionários surgindo do dia para a noite, arrocho salarial e aliança com a direita tucana, Jackson Lago terminou seu discurso conclamando o povo a resistir em defesa do seu mandato.
JUSTINOFILHO diz:
Novos milonários...?? Bem ai vou terminar meus trabalhos de investigação na SEMA... isso mesmo Secretaria do Meio Ambinte. Ai vocês vao saber quem são os milonários desse governo! Moço pense num governo de ladrões... pensaram?? Bem ainda e pouco, o que vocês estão pensando.
Sem tremer nem temer, disse assim: "Vamos à luta, por “trabalho,honestidade, ética e aplicação correta do dinheiro público”.
JUSTINOFILHO diz:
Êitaaaa!! Coisa difícil seu moço... com essa raça que ai está, e com os que vão ainda chegar!

# Compartilhar

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

3 comentários:

  1. Jakson lago já vai tarde!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. José Ribamar Sousa18 de março de 2009 19:26

    Caro Jornalista,
    Tenho certeza que esta sua fase de Justino Ternura não agrada à maioria dos internautas que acessam seu blog. O senhor está muito condecendente, usando meias palavras. Cadê aquele Justino Filho combatente e sem papas na lingua que conhecemos?

    ResponderExcluir
  3. Talvez não seja o justino que escreva esse blog. Talvez pediu pra alguém. Ou é cruzeta também igual aos outros

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.